terça-feira, 26 de janeiro de 2016

OMS, comida saudável e outras paranoias

(onde se mostra o que se faz no Domingo à tarde)


 
Aquele relatório que a OMS fez há uns meses, onde alertava para o facto de a carne processada, os enchidos, as salsichas e o bacon serem cancerígenos, deixou-me bastante preocupada. Admito que sou excessivamente exigente com a alimentação dos rapazes. Como expliquei neste post, na Bélgica, os almoços são basicamente constituídos por sandes, sopa e fruta. O que nunca me incomodou, embora saiba que faz confusão a muita gente nesse país à beira mar plantado, que insiste em consumir hidratos, lípidos e proteínas em excesso porque o correcto é comer “duas refeições quentes por dia de faca e garfo”. Ora eu acho muito mais saudável comer sopa e fruta da época à discrição (que a escola oferece por 40 cêntimos/dia), mais uma sandes mista em pão integral e um ovo cozido, por exemplo. No caso do meu filho Diogo, que também põe vegetais e um fio de azeite nas sandes, porque detesta manteiga, acho mesmo fantástico. Só que, agora, parece que as charcutarias devem ser eliminadas da nossa alimentação. Lá se vai o fiambre de frango com ervas aromáticas e o peito de peru fumado que os meus filhos comiam praticamente todos os dias…
Além desta nova problemática, quando se come pão ao pequeno-almoço e ao almoço, parece excessivo comer novamente pão ao lanche (seja o da manhã ou o da tarde). Os belgas resolveram isto criando toda uma indústria de bolinhos e bolachas embalados individualmente para levar para a escola, que nós a dada altura decidimos em conjunto evitar, nomeadamente devido ao excesso de açúcar. Tendo em conta que nesta casa não entram refrigerantes, nem alimentos processados tipo pão de forma, pães-de-leite, croissants ou Bollycaos, a escolha dos lanches para levar para a escola fica drasticamente reduzida. Já para não falar de chocolates género Twix ou Mars, que evidentemente nunca compro. Se juntarmos a isso, o facto de o Vasco não comer iogurtes e de o Diogo só beber leite de soja de baunilha, temos um verdadeiro quebra-cabeças montado.
Como mostrei na altura, resolvi o problema dos lanches para levar para a escola começando a cozinhar eu mesma tudo, reduzindo ou substituindo o açúcar por outras formas naturais de adoçante. Há muitos meses que os meus Domingos à tarde são passados a fazer barras de cereais, queques de legumes, tartes, bolos, muffins… a imaginação é o limite. Sinceramente, já faz parte da rotina dos fins-de-semana e não custa muito. Aproveito também para fazer uma panela grande de sopa e um ou dois jantares da semana. Depois do alerta da OMS, passei também a inventar almoços alternativos. Aqui ficam alguns, para dar ideias a outras mães ligeiramente paranoicas que não tenham cantina na escola dos filhos.
[ salada de grão com abóbora no forno ]
 
  [ as noodles são invariavelmente os almoços às 4as, quando saem... às 11h50! ]
 
  [ muffins de legumes ]

  [ coucous de peixe com legumes ]

  [ hamburguer vegetariano]

 [ neste dia houve festa porque só havia pizza marguerita! ]
 
  [ delícias do mar e figos ]

  [ o substituto das charcutarias para pôr no pão favorito do Diogo: húmus ]
  
No outro dia, pediram-me a receita dos muffins de legumes. É muito simples… faço com o que houver no frigorífico.
  [ cebola, tomate, milho, cenoura, pimentos e salsa]

  [ queijo ralado e batata-palha que tinha sobrado do bacalhau à brás da véspera ]

  [ ovo batido, leite, azeite, farinha, fermento e especiarias ]

  [ 15 minutos no forno... et voilà! ]


E mais uns quantos lanches saudáveis...
  [ bolo de cenoura com noz ]

  [ bolo de amora... em Setembro foi tudo feito à base das amoras que o quintal deu! ]

  [ muffins de chocolate e avelãs ]

  [ muffins de caramelo ]

  [ tarte de lima-limão ]

4 comentários:

  1. Posso passar por aí nos Domingos à noite, posso? Gosto desta ementa...mas tenho um comensal que partilha a minha mesa e que não a apreciaria! Só não gosto de figos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que a melhor altura para passar por cá é mesmo ao Domingo à noite, Mariana! E traga lá o outro comensal que alguma coisa se há-de arranjar!;)

      Eliminar
  2. Vamos pensar nisso! É só a questão de me avisar da altura prevista para a neve (em centímetros) e desviar alguns víveres da boquinha dos filhotes...Ná, era a brincar! Boa semana, Chef!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOL, Mariana! Boa semana para si também. Beijinho.

      Eliminar